30 de maio de 2015

Histórias de Alice #44: Impossível explicar {Final}

   Acordo sábado de manhã, pego meu celular na mesa de cabeceira e acendo a tela conferindo o horário, ainda eram 7:22, me jogo na cama novamente, já havia perdido completamente o sono e estava ansiosa demais para saber qual era a surpresa que Nicolas estava preparando.


   Atualizo algumas redes sociais e decido levantar depois de uma hora deitada. Desço para cozinha, faço torradas e o café, sento na bancada e tomo café ao som de algumas músicas da playlist do celular, geralmente eu era a primeira a acordar, mesmo quando não iria ter aula, meu pai já tinha ido trabalhar e acho que minha mãe ainda dormia, pois não passei no quarto dela para confirmar.

  Mando um "bom dia" para o Nico sem ter certeza se ele estava acordado a essa hora da manhã, porém ele me liga minutos depois.

_Bom dia meu amor. - ele diz com voz de sono, acho que o acordei.
_Te acordei? - pergunto.
_Acordei faz tempo, só estou com preguiça de levantar. - diz bocejando. -- Feliz três meses de namoro.

  Sorrio agradecendo e o parabenizo também, ficamos conversando por mais alguns minutos, pergunto sobre a surpresa que ele estava preparando, mas a única coisa que Nico diz é que iria me buscar ás duas horas da tarde. O jeito era esperar, encero a chamada mandando vários beijinhos quando minha mãe desce para sala para assistimos desenhos animados juntas como de costume em quase todas as manhãs, gosto de passar esse tempo com ela. 

{...}


  Depois do almoço subo para o quarto para decidir a roupa que usaria, fico encarando o guarda-roupas aberto por um bom tempo, e finalmente decido usar uma calça preta de cintura alta que tinha ganhado no natal passado, com uma regata cinza, pego roupa intima e vou para o banheiro tomar banho. Saio do chuveiro quando termino de cantar Deus da minha vida do Thalles Roberto. Faço um coque alto deixando algumas partes da franja soltas, pois o dia estava quente então decidir prender o cabelo. Faço uma maquiagem leve e passo protetor solar, finalizo calçando o coturno e escuto a campainha tocar, pego meu celular acendendo a tela olhando a hora 14:05, desço as escadas correndo.


_Cinco minutos atrasado. - falo ofegante assim que abro a porta.
Ele rir. -- Aposto que acabou de se arrumar. - cruza os braços convencido.
_Esta me vigiando? - cruzo os braços também.
_Não, apenas conheço a namorada que tenho. - ele pisca.
_Idiota! - digo rindo lhe dando um selinho. -- Mãe já vou. - grito fazendo Nico colocar as mãos no ouvido, reviro os olhos, nem foi tão alto assim, fecho a porta.
_Pronta para surpresa? - ele pergunta entrelaçando nossos dedos.
_Claro. - respondo no mesmo segundo.

  Andamos até a o parque da fonte, estranho ele esta me levando um pouco mais adiante aonde tinha menos pessoas, mas prefiro não perguntar nada, andamos pelo gramado do parque até chegar perto de umas das arvores, ele solta minha mãe e se abaixa pegando uma cesta que parecia ser de piquenique.

_Não acredito. - diz olhando dentro da cesta.
_O que houve? - pergunto me aproximando.
_Esta cheio de formigas. - ele responde com um certo desespero na voz.
Começo a rir. -- Amei. - falo e ele me olha confuso.
_Amou as formigas terem estrago minha surpresa? - Nicolas pergunta se levantando.
_Não. - respondo pegando sua mão. -- Amei a surpresa, mesmo não saindo do jeito que você queria, amei a intenção. - digo e ele dá um sorriso fraco.
_Essa era uma parte da surpresa, acho que as formigas não conseguem estragar isso. - Nicolas diz pegando uma caixinha vermelha no bolso, ele abre a caixinha sorrindo revelando um par de alianças prateadas, coloco a mão sobre a boca não acreditando no que via. -- Nosso anel de compromisso. - ele diz tirando as alianças da caixinha e a guardando no bolso novamente. 

Nicolas pega minha mão colando a aliança e a beija em seguida, algumas lágrimas caem em meu rosto e faço o mesmo colocando o anel em seu dedo.

_Queria fazer isso quando fizemos um mês, mas não tinha dinheiro suficiente. - ele sorri acariciando minha mão. -- Eu te amo Alice.

 Sorri enquanto meu rosto ficava molhado por causa das lágrimas.

_Também te amo muito Nicolas. - o beijo com carinho.

Amo tanto esse garoto que fica praticamente impossível explicar. O amor pode ser complicado e até doloroso, mas ele é o único sentimento que nós proporciona sensações únicas como sentir borboletas no estômago. Pode acontecer em qualquer momento ou lugar e quando correspondido te faz sentir a pessoa mais especial e amada do mundo.


Leia Também:
Capítulos Anteriores 



Nota da Autora:
  Quero agradecer primeiramente a Deus por me dar criatividade para escrever esses 44 capítulos! E a vocês que leram e acompanharam todos esses momentos. Obrigada por cada comentário, pelo incetivo imenso que recebi, por cada opinião e ideia. Essa história rendeu "muitas emoções" não foi?! Saibam que cada palavra por minima que seja, foi escrita com muito amor.
  Nunca pensei que Histórias de Alice iria durar dois anos, isso tudo foi graças ao incentivo de vocês. É incrível pensar que Alice, Nicolas, Kelvin, Gabriela, Nicole, e Vanessa nós proporcionaram risos e momentos tristes também. Sempre vou ter um carinho especial por essa história por ser a minha primeira e por ter me mostrado que escrever é muito além de colocar algumas palavras no papel.
  Obrigada por fazerem essa web série permanecer, obrigada por tudo. 
Agora a pergunta que não quer calar. "De qual parte você gostou mais?"

13 comentários:

  1. Ai que lindo!!! Não tinha forma mais linda para terminar a a história ♡
    Uma perguntinha que sempre quis fazer: Onde você achou essas imagens, são tão bonitas?
    bibliadasmeninas.blogspot.com
    Beijinhos My!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Amanda!.
      As imagens são do mangá Ao Haru Ride, também acho essas imagens perfeitas.
      Beijinhos ♥

      Excluir
  2. Aaah não, My !
    Eles tem que se casar, ter filhos, envelhecerem, terem netos...
    Tá muito perfeita pra acabar !
    Faz isso com agente, não !
    Mas eu amei o final !
    Beijos, My !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahh não Kelly! kkkkk
      Também pensei em fazer isso, já pensou como os capítulos narrados pelos filhos deles iriam ser fofinhos! \(>.<)/
      Mas é melhor deixar assim mesmo.
      Beijinhos ♥

      Excluir
    2. Ah então criar uma nova, porém melhor do que esta.
      Trabalho difícil...

      Excluir
    3. Você pode acompanhar minhas outras histórias no Wattpad Kelly.

      Excluir
  3. AMEEEI DEMAAAIS *---* muito sucesso pra você My <3

    ResponderExcluir
  4. Concordo com a Kelly, acho que ficaria ótimo uma continuação *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desculpe meus amores, mas não vou escrever continuação dessa história.
      Na verdade não sei como seria a continuação, prefiro do jeito que estar.

      Excluir
  5. ué, abandonou o blog?

    ResponderExcluir
  6. Amei essa história!♥ficou muito lindo esse final,que Deus continue te abençoando ricamente My!*3* Bjs Alícia S.

    ResponderExcluir